Educação Infantil

            A Educação infantil cumpre um papel socializador, possibilitando a construção da identidade das crianças, por meio de aprendizagens diversificadas em situações de interação diversas. Nesse sentido, o trabalho da Educação Infantil deve levar em conta três aspectos fundamentais: educar, cuidar e brincar.

Educar significa situações de cuidados, brincadeiras e aprendizagens orientadas de forma integrada em uma atitude básica de aceitação, respeito e confiança, e o acesso, pelas crianças, aos conhecimentos produzidos pela cultura.

          Cuidar significa valorizar e ajudar a desenvolver capacidades. Nesse sentido, o ambiente e a rotina de trabalho são organizados para atender às necessidades das crianças, bem como favorecer a socialização, a cooperação e o desenvolvimento autônomo de habilidades. O uso do banheiro, higiene pessoal, lavra, enxugar, limpar, guardar, despir, vestir e calçar a si próprio e ajudar as outras crianças, tornam-se aprendizagens importantes e é fundamental observar, ouvir e respeitar a criança. Seu comportamento pode “dar pistas” não apenas das suas necessidades, mas também da qualidade do tratamento que está recebendo.

         Brincar é uma atividade necessária à criança, pois promove o seu desenvolvimento afetivo, cognitivo e social. Quando brinca, a criança situa-se em uma via de mão dupla, pois ao mesmo tempo em que entra em contato com a cultura, também produz elementos culturais próprios da infância. O brincar ocorre no plano de ação física e da imaginação, pois quando a criança brinca, utiliza diferentes modalidades de linguagens, ligadas à corporeidade, ao gesto, expressão facial, às emoções e ao simbólico.